Moda

Nem bolsa, nem sapato: o acessório mais quente do momento é uma garrafa de água

Foi-se o tempo em que a garrafinha de água reutilizável era item para esportistas e aventureiros. Desde que nos tornamos mais conscientes da quantidade de plástico que consumimos diariamente, ficou óbvio que a melhor opção para o meio ambiente (e o nosso futuro) é aderir a opções mais duráveis.

O item logo ganhou um certo símbolo de status, com celebridades como Gisele e Gwyneth Paltrow sendo flagradas por paparazzi carregando as suas de marcas como as americanas bkr e S’well. Também não demorou para marcas de moda criarem as suas versões deluxe - Supreme e Prada entre elas. Virgil Abloh, diretor criativo do menswear da Louis Vuitton, criou uma versão de vidro em pareceria com a Evian e a americana Soma.

De acordo com Lilian Pacce, jornalista de moda, desde o fenômeno do streetwear, o mercado de luxo entendeu que é preciso olhar para hábitos mais cotidianos das pessoas e, assim, manter-se relevante na vida delas. “A febre dos sneakers é um dos maiores exemplos de "apropriação" das ruas. E agora a gente vê uma “apropriação” muito positiva e saudável! As garrafinhas de água, portáteis e duráveis, viraram objeto de desejo e desencadearam várias parcerias de marcas tradicionais do setor com grifes internacionais.”, ela diz.“A pioneira, claro, foi a inglesa Vivienne Westwood, que aproveitou para dar seu recado estampando palavras de ordem contra o aquecimento global em sua collab com a Sigg, tipo 10 anos atrás. De lá pra cá, surgiram dezenas de collabs, e a gente pode encontrar várias opções bacanas pra se manter hidratado - e deixar de descartar zilhões de garrafas pet!”, completa.