Tecnologia

Elétrico Chevrolet Bolt começa a ser vendido no Brasil em outubro por R$ 175 mil

Chevrolet anunciou nesta sexta-feira que o Bolt EV, seu primeiro carro 100% elétrico para o Brasil, começa a ser vendido em outubro.


Como foi anunciado no Salão do Automóvel 2018, o modelo terá preço de R$ 175 mil na versão Premier. De acordo com a montadora, o carro pode rodar até 383 quilômetros com uma carga de energia.


O modelo chega para a briga de "elétricos acessíveis" que estão chegando ao Brasil. Além do modelo da GM, Nissan Leaf e Renault Zoedisputam esse segmento.


O preço dos três modelos está na mesma faixa, mas o Zoe é o mais barato de todos, por R$ 149.990, e a Renault diz que 20 unidades já foram vendidas.


Com as primeiras unidades previstas para julho, o Leaf sai por R$ 178.400 e 16 unidades foram adquiridas no Brasil, informa a Nissan.


Bolt surgiu em 2016


Chamado de primeiro elétrico "popular" da fabricante, quando foi lançado nos Estados Unidos, o hatch não é tão novo assim.


O Bolt foi lançado no fim de 2016, no mercado norte-americano, e logo foi apontado como rival do futuro Tesla Model 3, que só começou a ser produzido neste ano.



Tempo de recarga


Para recarregar a energia, o Bolt pode ser conectado a tomadas, mas existem diferentes tipos e carregador. No caso do chamado "semirrápido", uma hora garante 40 km de autonomia. Já em carregadores rápidos, encontrados em pontos de recarga especializado, são 30 minutos para uma carga de 145 km.


O modelo também conta com sistema regenerativo que aproveita a energia dissipada em frenagens e desacelerações para ampliar sua autonomia.