Esporte e Lazer

Ameaçada de suspensão olímpica, Rússia promete trabalhar com autoridades antidoping

A Rússia vai cooperar plenamente com a Agência Mundial Antidoping (Wada) e com autoridades esportivas internacionais, depois que um comitê da Wada recomendou que o país seja suspenso das Olimpíadas por quatro anos, afirmou o Kremlin nesta quarta-feira.

Nesta semana, o comitê da Wada recomendou que a Rússia seja impedida de participar dos dois próximos Jogos Olímpicos e de campeonatos mundiais em uma gama variada de modalidades durante quatro anos porque forneceu à Wada dados de laboratório que se descobriu terem sido adulterados.

As recomendações do comitê serão submetidas ao comitê executivo da agência em Paris no dia 9 de dezembro.

“As autoridades russas têm sido, são e serão altamente abertas à cooperação com a comunidade esportiva internacional, e também com a Wada”, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, a repórteres em uma videoconferência.

Autoridades esportivas da Rússia protestaram contra as recomendações do comitê na terça-feira, dizendo que elas são excessivamente rígidas e que prejudicarão o esporte russo.